terça-feira, 22 de maio de 2018

Média de gols dos principais campeonatos de clubes de futebol – 2017/18



Confira abaixo o ranking com a média de gols dos 21 campeonatos mais importantes no mundo do futebol, durante a temporada 2017-18 (para os países com calendário solar, foi considerado o ano de 2017):

Pos
Torneio
Média de Gols
1
Liga dos Campeões 2017/18*
3,202
2
Campeonato Holandês 2017/18
3,137
3
Campeonato Chinês 2017
3,050
4
Campeonato Turco 2017/18
2,961
5
Campeonato Norte-Americano 2017
2,926
6
Campeonato Belga 2017/18
2,837
7
Campeonato Alemão 2017/18
2,794
8
Copa Libertadores 2017
2,746
9
Campeonato Coreano 2017
2,741
10
Campeonato Francês 2017/18
2,718
11
Campeonato Português 2017/18
2,699
12
Campeonato Espanhol 2017/18
2,695
13
Campeonato Inglês 2017/18
2,682
14
Campeonato Italiano 2017/18
2,676
15
Campeonato Escocês 2017/18
2,605
16
Campeonato Japonês 2017
2,592
17
Campeonato Mexicano 2017/18
2,554
18
Campeonato Brasileiro 2017
2,429
19
Campeonato Argentino 2017/18
2,259
20
Campeonato Russo 2017/18
2,254
21
Campeonato Grego 2017/18
2,208
*Não inclui a final.
As médias não incluem “playoffs” de promoção/rebaixamento, nem partidas de classificação para torneios internacionais (mas contam jogos de mata-mata que valem na briga pelo título)

Assim como ocorreu em 2017, a Liga dos Campeões conseguiu ser o torneio com nível técnico mais alto e também ter a melhor média de gols do mundo. E não vale pôr a culpa nas goleadas sobre “nanicos”: a média de gols no mata-mata (3,250 – sem contar a final) foi maior que a da primeira fase (3,198).

Logo após a LC, aparece o Campeonato Holandês, torneio tradicionalmente ofensivo. Em terceiro, uma novidade: o Campeonato Chinês, competição que passa a fazer parte da lista neste ano. Já os campeonatos nacionais mais fortes mantiveram a tradição, ou seja, Espanhol, Inglês e Italiano aparecem no meio da tabela, e o Alemão um pouco acima. A novidade é o Campeonato Francês, que costuma estar entre os mais retrancados, mas nesta temporada até que teve boa média de gols.

E o Brasileiro? Como de costume, está entre as piores médias do mundo. Neste ano, só ganhou de três torneios que sempre ficam entre os últimos colocados: o Argentino, o Russo e o Grego.

Evolução histórica


Confira abaixo o gráfico com a evolução histórica da média de gols na Europa e na América do Sul:

*Em azul, média de gols dos 8 principais campeonatos da Europa (Liga dos Campeões, Inglês, Italiano, Espanhol, Alemão, Francês, Holandês e Português). Em vermelho, média de gols dos 3 principais campeonatos da América do Sul (Libertadores, Argentino e Brasileiro).

Pelo terceiro ano seguido, a média de gols na Europa aumentou. Em 2017/18, os 8 principais campeonatos do continente tiveram média de 2,825 gols por jogo – só a temporada 2012/13 teve números melhores, nos últimos 40 anos. Já na América do Sul houve queda em relação a 2016 (de 2,597 para 2,484), mas a média, apesar de baixa, ainda foi melhor que a da maioria dos anos desta década.

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Times com mais jogadores na Seleção em Copas do Mundo



Nesta segunda-feira, Tite divulgou a lista de 23 jogadores que defenderão a Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2018. Ao contrário do que acontecia no passado, não dá para dizer que um time é a “base” da Seleção – o clube com mais convocados é o Manchester City, com apenas 4 representantes.

Aliás, se o City é o time com mais jogadores na Seleção de 2018, vale dizer que, até o Mundial anterior, a equipe azul-claro de Manchester só havia cedido 1 atleta para o Brasil. Então, quais seriam os clubes que tiveram mais jogadores defendendo a Seleção Brasileira em Copas do Mundo? Confira a lista abaixo (jogadores que disputaram duas ou mais Copas são contados mais de uma vez):

Pos
Clube
País
Jogadores
1
Botafogo
Brasil
48
2
São Paulo
Brasil
42
3
Flamengo
Brasil
33
4
Fluminense
Brasil
31
4
Vasco
Brasil
31
6
Corinthians
Brasil
25
6
Santos
Brasil
25
8
Palmeiras
Brasil
24
9
Atlético-MG
Brasil
12
10
Cruzeiro
Brasil
11
11
Barcelona
Espanha
10
11
Real Madrid
Espanha
10
11
Roma
Itália
10
14
Grêmio
Brasil
9
14
Internazionale
Itália
9
16
Internacional
Brasil
8
17
Milan
Itália
7
17
Paris Saint-Germain
França
7
17
Portuguesa
Brasil
7
20
Benfica
Portugal
6

Para quem é jovem, pode causar grande surpresa o fato de o Botafogo liderar a lista. Isso acontece pelo alto número de convocados que o alvinegro teve nos primeiros Mundiais – foram 39 jogadores até 1974.

Outra coisa que salta aos olhos é um indisfarçável bairrismo: 4 dos 5 primeiros colocados na lista são cariocas; em seguida vêm os times de São Paulo. O primeiro a aparecer fora do eixo Rio-SP é o Atlético-MG, com 12 convocados, exatamente a metade do Palmeiras, que é o clube com menos representantes entre os grandes paulistas. Já a dupla Gre-Nal teve apenas 9 convocados cada um, número menor que os dos estrangeiros Barcelona, Real Madrid e Roma.

Diferentes tendências


Se fizermos a contagem dos convocados para as 5 Copas do Mundo disputadas no século XXI, os resultados são radicalmente diferentes:

Pos
Clube
País
Jogadores
1
Real Madrid
Espanha
9
2
Internazionale
Itália
8
3
Barcelona
Espanha
7
4
Corinthians
Brasil
6
4
Paris Saint-Germain
França
6
4
Roma
Itália
6
7
São Paulo
Brasil
5
7
Lyon
França
5
7
Chelsea
Inglaterra
5
7
Manchester City
Inglaterra
5
7
Milan
Itália
5
12
Bayern de Munique
Alemanha
3
12
Wolfsburg
Alemanha
3
12
Atlético-MG
Brasil
3
12
Grêmio
Brasil
3
12
Juventus
Itália
3
12
Benfica
Portugal
3
12
Shakhtar Donetsk
Ucrânia
3

Aqui, a lista é completamente dominada por times estrangeiros: há apenas 2 brasileiros (Corinthians e São Paulo) entre os 11 primeiros. O ranking é, também, muito mais “compacto”. Na lista de todas as Copas, os 7 primeiros colocados correspondem a mais de 50% do total de convocados; no século XXI, são necessários 10 times para chegar à maioria. Eis a consequência de, já há algum tempo, não haver mais um clube que seja a “base” das convocações.

Curiosidades


Para finalizar, algumas curiosidades sobre os times dos convocados ao longo da história:

- O Santos é o time com mais jogadores nas Seleções Brasileiras que foram campeãs do mundo: 15.

- Por outro lado, São Paulo e Palmeiras são os únicos times com representantes em todas as 5 Seleções campeãs. Em 2018, ambos não tiveram nenhum jogador convocado.

- O time que teve jogadores na Seleção em mais Copas do Mundo é o Flamengo, presente em 16 edições; depois vêm São Paulo e Botafogo, presentes em 15.

- O São Paulo, aliás, teve representantes em 15 Copas seguidas (1950 a 2006). A segunda maior sequência é de outro Tricolor, o Fluminense, presente em 11 Mundiais (1938 a 1986).

- O Barcelona é atualmente o clube com maior sequência de aparições na Seleção em Mundiais: cedeu jogadores ao Brasil em todas as Copas desde 1994. Real Madrid e Internazionale têm atletas na Seleção em todos os Mundiais desde 1998.

- Apenas 2 times brasileiros (Corinthians e Grêmio) estão representados na Seleção-2018; em 2014 eram 3 (Atlético-MG, Botafogo e Fluminense). A última vez que times brasileiros tiveram jogadores em duas Copas seguidas foi em 2002/2006 (Corinthians e São Paulo).

- Até a Copa de 1982, apenas um jogador havia sido convocado para a Seleção Brasileira enquanto atuava no exterior: Patesko, que disputou o Mundial de 1934 quando defendia o Nacional, do Uruguai.